Dizem que isto as deixa loucas!

Durante muito tempo, a história foi interpretada segundo um olhar masculino, e no que respeita à sexualidade, esta interpretação é ainda mais verdadeira.

Considerado como meramente utilitário (com vista à reprodução), o acto sexual servia, na melhor das hipóteses, para nós termos mais prazer. Conceder preliminares à mulher tinha apenas o objetivo de a preparar para o coito vaginal, dado ser esta a “única” de forma de prazer sexual, quer para mulheres, quer para homens. Um erro de palmatória! Um facto: quando estimulada por um homem, uma mulher atinge o orgasmo em cerca de 44% das vezes, mas se o fizer sozinha, essa percentagem chega aos 95%. Queremos que esta percentagem se altere a nosso favor. Portanto, mãos (ou dedos) à obra…

A carícia inicial
“É preciso ter calma”, já dizia Pedro Abrunhosa, e não avançar directamente para o clítoris. É hipersensível, facilmente irritável e pode chegar a ser doloroso para ela(s).

Comece com carícias indirectas, ao lado, no intervalo dos grandes lábios, e atravessando a parte que o reveste. Acaricie os pequenos lábios. Após um breve instante de privação, pode tentar acariciar directamente o clítoris, desde que seja de forma muito leve. Se for muito, muito subtil… pode então afastar os pequenos lábios e tocar de forma extremamente suave, como se tocasse numa bola de sabão sem a rebentar. Depois deste último passo, terá o privilégio de acolher, literalmente, o clítoris entre o indicador e o polegar, como se segurasse a pétala de uma flor. Preste atenção, mesmo antes do orgasmo, o clítoris tende a retrair-se.

1. O clítoris é extremamente sensível.
Não tente tocar-lhe sem humedecer previamente os dedos com saliva ou massajando-lhe “o lugar sagrado” com lubrificante.

2. O dedo médio é o mais indicado para acariciar o clítoris: o indicador pode ser muito agressivo.
No entanto, mais tarde, também pode juntar médio e indicador nesta exploração.

3. Coloque o anelar entre o clítoris e os grandes lábios; o indicador deve estar no outro lado .

4. O polegar também pode ser utilizado para acariciar o clítoris enquanto os restantes dedos se ocupam de outras tarefas delicadas um pouco mais abaixo.

5. É tudo uma questão de milímetros. Concentre-se e observe o rosto da sua mulher. Ela mostrar-lhe-á o sítio preciso, o ponto ideal e a pressão necessária.

6. Comece por pressionar ligeiramente e, a pouco e pouco, vá aumentando a pressão.O mesmo se passa com a velocidade.
Comece suavemente e paulatinamente vá imprimindo maior ritmo e velocidade, sem pressas. Depois de encontrar a velocidade de cruzeiro, não altere nem a velocidade, nem a constância. Qualquer alteração pode quebrar o ritmo dela e terá de recomeçar tudo de novo.

MUITO IMPORTANTE: Não se desoriente e continue até ela(s) atingir o orgasmo com estes 6 truques:

6 truques do Kama Sutra desconhecidos

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

Artigos Relacionados

5 posições sexuais que o deixam em forma!

O GPS Músculos que se treinam: Zona central e glúteos. Equivalente no ginásio: Curl com kettlebells. Porquê? Permite encontrar o ponto G de seguida, com resultados que ela certamente não ...

Beije bem em qualquer língua

A globalização é cada vez mais um dado adquirido e saber adaptar-se aos costumes de outros países é essencial. Quanto a si que está prestes a ir de férias, o ...

12 dicas de sexo que elas nunca contam!

Estamos certos que, em termos de sexo, continuamos a ter imenso que aprender com elas! Sempre e sempre! Digamos que, por vezes, temos de dar um “ar” de quem percebe ...

Na ponta da língua!

5 testemunhos sobre sexo oral contados por mulheres! Está na hora de aprender o que elas querem, o que você pensa e como deve reagir.

Os biquínis que mais deram nas vistas no fim de semana!

Veja a galeria e escolha o seu preferido para oferecer à sua cara-metade!

Sexo no trabalho? Falámos com elas para saber a resposta…

Proibido ou não, todos fantasiamos com aquela “rapidinha” no trabalho… mas até que ponto é realmente possível? Ok, já se envolveram. Agora sugerimos que não mudem radicalmente os hábitos e ...

Send this to friend