Decore esta palavra: “alaaf”. Vai dar jeito no meio da confusão!

Produzido por:

O Carnaval em Amesterdão é colorido o suficiente para durar os três dias oficiais (e outros tantos de forma espontânea) e para a própria cidade mudar de nome. Não acredita?

Em 2016, a capital de Holanda conquistou o pomposo nome de Gròòtgragtegat, que se traduz em traços largos em “sítio grande com muitos canais”. Bem, o nome só “colou” durante uns dias, mais especificamente durante a celebração do Carnaval. E podíamos até pensar que os holandeses, povo do norte, não seriam especialmente fulgurantes na forma como festejam nesta altura, mas estaríamos errados. Oficialmente, o Carnaval é celebrado a partir do domingo anterior à Terça-Feira Gorda, mas a verdade é que é frequente que os primeiros sinais de folia sejam avistados muitos dias antes.

Carnaval em Amesterdão significa andar de bar em bar e alterar por completo as normas sociais, os comportamentos. Até de nome se quiser. Existe um cumprimento específico para esta altura, a palavra “Alaaf” meio gritada, e uma espécie de continência meio torta, em que a parte de trás da mão direita é levada à têmpora esquerda (apostamos que está a experimentar neste momento…).

Os foliões andam por toda a cidade com os seus carnavalspakje (os fatos de Carnaval) e as boas maneiras ficam em casa. Cada cidade tem um Príncipe, que recebe as chaves da cidade e que, para todos os efeitos, manda em tudo durante três dias. Cada Príncipe tem uma Corte de onze pessoas, que vão gerindo as maluquices que o “povo” vai fazendo atrás de si. Há um grande desfile, cheio de cor, música, animação desenfreada e muita crítica política.

Mas como o Carnaval são mais do que três dias (pelo menos na Holanda), o ideal é escolher para ir além de Amesterdão e visitar um dos festivais mais a sul, isto porque tradicionalmente, quanto mais para sul se deslocar neste país, mais loucura vai encontrar durante o Carnaval. O nosso conselho? Maastricht, que é praticamente o mais a sul que pode ir antes de entrar noutro país vizinho. O Carnaval aqui é visto, de forma consensual, como uma enorme loucura, e vale bem a viagem de cerca de duas horas a partir da capital holandesa para ver com que se parece “uma enorme loucura”.

Não é só no Carnaval que Amesterdão merece uma visita. Descubra aqui mais curiosidades da cidade, para descobrir em qualquer altura do ano.

desenhados para inspirar e criar uma maior proximidade entre os leitores e as marcas.

ARTIGOS RELACIONADOS


OUTROS CONTEÚDOS GMG


Send this to friend