Andamos todos a carregar o smartphone da maneira errada

Qualquer que seja a marca do smartphone, todos nos queixamos do mesmo: as baterias são sempre uma miséria! Mas já pensou que a culpa pode ser sua? Siga estas 6 estratégias.

  • Anterior
  • Próximo

    1 - Deixe carregar aos poucos

Muitas pessoas ainda pensam que que carregar os telemóveis aos poucos “vicia” e é melhor carregar quando estiver quase morto para carregar tudo de uma vez. Pois bem, essa ideia não podia estar mais errada.
Quem o diz é o site da Cadex, empresa canadiana especializada em baterias, que explica que as baterias de iões de lítio nos nossos smartphones são sensíveis às suas próprias versões de “stress”. E, tal como acontece com os seres humanos, o aumento de stress prejudica a duração da própria bateria.
Se quiser ter a sua bateria a fornecer energia ao smartphone todo o dia sem qualquer problema e sem qualquer reserva para poder usar o que precisar, vai ter de mudar alguns hábitos, segundo os especialistas.

Como é que o biquíni se tornou tão sexy?

    2 – Desligue o telemóvel da tomada

Segundo os especialistas da empresa Cadex, deixar o smartphone ligado à energia quando já está com a carga completa provoca um stress enorme nos compostos químicos no interior da bateria. E isto porque o sistema do equipamento está permanentemente, aos poucos, a tentar colocar a carga nos 100%, sempre, sempre, sempre…
Isso provoca uma tensão gigantesca nos compostos internos que só vai servir para desgastar a bateria.

5 regras para fazer a cheat meal perfeita!

    3 - Não carregue até aos 100%

Segundo dados fornecidos pelos fabricantes das baterias modernas incluídas nos smartphones, as baterias de iões de lítio não necessitam ser totalmente carregadas. Aliás, até é melhor que nem o faça.
De acordo com os especialistas, é melhor não deixar carregar totalmente a bateria, porque manter a bateria sob a tensão alta dos 100% (que é o que acontece na maioria das vezes quando coloca o seu smartphone a carregar) cria o tal stress desnecessário.
Parece contraditório estar a tentar manter o seu smartphone carregado para um dia e não poder carregar tudo para usar até acabar. Mas a verdade é que o melhor para a saúde da bateria do smartphone é carregar aos poucos, sempre que possa ou sempre que tenha uma tomada por perto.

É por isto que não deve ter sexo logo na primeira vez!

    4 – Ligue o telemóvel à tomada

Parece que afinal as baterias dos smartphones são mais eficazes se forem carregadas ao poucos do que se forem carregadas até à carga máxima.
O ideal, conforme se pode ler nos estudos da Cadex, é que o melhor cenário para aumentar a longevidade da bateria passa por carregá-la quando perde 10% da sua carga. Obviamente que isso não é possível nem prático, por isso a nossa sugestão passa por carregar sempre que possa. E sim pode (e deve) carregar várias vezes ao dia.
Esse comportamento optimiza o desempenho da bateria como também lhe dá a energia para ser usada durante muito mais tempo.

Desafio MH: Elevações com um braço

    5 – Cuidado com o GPS

O facto de carregar a bateria várias vezes durante o dia permite-lhe usar recursos que consomem mais a energia das baterias, tais como o GPS e todas as apps que recorrem à georreferenciação.
A antena do GPS é a rainha na hora de “sugar” as baterias, mas se tiver o hábito de carregar o seu telemóvel durante pequenos períodos ao longo do dia, pode usar o GPS à-vontade, pois vai conseguir recarregar a carga que acabou de perder.

É isto que lhe acontece quando bebe 6 cervejas!

    6 – Mantenha a bateria fresca

Este é outro dos truques que garante anos de vida às baterias, pois são muito sensíveis ao calor.
Se tem um smartphone da Apple, por exemplo, já sabe que se tiver demasiado calor ou ficar muito quente deixa de funcionar, certo? Mesmo ao carregar, a Apple sugere que nunca o faça com o dispositivo exposto ao sol ou a temperaturas elevadas, dada a sensibilidade deste processo.

A razão é uma: as baterias com o calor sofrem um desgaste terrível. Nunca, em caso algum, deixe o seu smartphone dentro do carro ao sol ou perto de uma janela exposto à luz directa do sol, pois só vai deixar a bateria com uma vida muito mais curta.

Como atua a proteína no corpo?

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

ARTIGOS RELACIONADOS


OUTROS CONTEÚDOS GMG


Send this to friend