15 erros a não cometer no ginásio

Quem nunca errou que faça a primeira elevação. É assim que vai melhorar o seu treino…

O mais importante: se está a doer, não insista! A conhecida frase No pain no gain está desfasada e desacreditada desde o filme Rocky, mas há quem insista em seguir este lema à letra. Quer nas mensagens privadas que recebemos no Facebook ou nos e-mails, é percetível que a maioria dos homens portugueses sabe bem o que quer, pelo menos na hora do treino: exercitarem-se de forma inteligente e eficaz. Porém, as boas intenções podem chocar de frente com a realidade e em muitos casos o treino não é tão eficiente como poderia ser. Os erros repetem-se uns atrás dos outros, por isso solucione-os com estas recomendações.

1/ Treinar em jejum
Treinar sem nada no estômago não é garantia de melhores resultados, pois pode diminuir o rendimento ao apostar na alta intensidade. Se gosta de puxar por si de manhã, mais vale comer primeiro algo leve.

2/ Negligenciar a saúde
A base de qualquer tipo de treino deve ser a promoção da saúde. Tudo o resto vem depois!

3/ Vestir roupa desadequada
A roupa nunca deverá restringir a amplitude de movimento das articulações. Escolha-a em função da utilidade e não do “estilo”.

4/ Usar chinelos no ginásio
O calçado deve ser escolhido em função das necessidades do treino. Os chinelos servem para a piscina e não para fazer agachamentos.

5/ Treinar com pressa
Por muito atrasado que possa estar, o aquecimento não é para ignorar. Se tem de cortar uma parte do treino, o aquecimento é inegociável.

6/ Dores musculares = eficácia
Não cometa o erro de associar as suas dores musculares à eficácia do treino. Não existe nenhuma relação.

7/ No pain no gain
O cansaço muscular não deve ser o objetivo do treino nem algo que o faça ter vontade de se gabar. A possibilidade de ficar “entrevado” mais tarde é enorme…

8/ Ficar orgulhoso da dor
Se não se conseguir mexer depois de um treino duro vá às Urgências. A maioria das lesões graves não são previamente diagnosticadas e podem reverter em mazelas irreversíveis.

9/ Ignorar a água
Se necessita de repor fluidos recorra à agua. É tão eficaz como as bebidas desportivas, mas sem os problemas do açúcar. Manter o corpo hidratado é uma regra base!

10/ Abusar dos suplementos
Apenas existem alguns suplementos com eficácia realmente comprovada. Não exagere!

11/ Beber umas cervejas
Nenhuma bebida com álcool, por pouco que seja, deve ser bebida depois de um treino. Nem que venham cientistas comprovar o contrário. Vá por nós.

12/ Trabalhar mal os músculos
Ainda que todos os músculos possam provocar movimento, nem todos servem para este propósito. Treine cada músculo consoante a função que ele deve desempenhar.

13/ Evitar treinos completos
Lembre-se que as rotinas de corpo inteiro, perante os mesmos exercícios e séries, podem garantir melhores resultados nos principiantes do que o treino dividido por grupos musculares.

14/ Não ter cuidado nas rotações
Recorra à flexão e rotação da zona lombar somente quando necessário. A maioria dos exercícios não precisa destes movimentos e já sabemos que só farão aumentar o desgaste dos discos intervertebrais e o perigo de lesões.

15/ Desrespeitar a ordem
A ordem correta dos exercícios deve ser do movimento mais complexo para o mais simples, da maior para a menor necessidade de estabilidade articular e da execução mais rápida para a mais lenta. Por algum motivo existe uma ordem planeada…

  • Show Comments

ARTIGOS RELACIONADOS


OUTROS CONTEÚDOS GMG


Send this to friend