3 piores dicas que lhe podem dar no ginásio!

O mau conselho: “A dor faz parte do crescimento muscular”
Ficar com os músculos um pouco doridos não é negativo. Apenas é sinónimo de que puxou pelo corpo mais do que o normal, provocando microrruturas que, inevitavelmente, acabarão por resultar em maior volume e força. Mas existe uma grande diferença entre ficar dorido e ficar com dores. E ignorar a dor é o caminho mais rápido para a lista dos lesionados. Pense sempre se os exercícios que faz estão a prejudicar as suas articulações. Se a resposta for sim, é altura de descansar.

Dica MH: Escolha um exercício alternativo que trabalhe os mesmos músculos. Se a barra de supino lhe provoca dores ao nível dos ombros, não significa que tenha de parar com o treino de peito. Experimente usar halteres, fazer o supino inclinado ou as clássicas extensões de braços. Modificar a pega, a abertura ou padrão do movimento permite-lhe “descansar” as articulações e ganhar músculo sem ter de lesionar o seu corpo.

O mau conselho: “Quantos mais abdominais fizeres, mais definirás o six-pack”
Não há dúvida que fazer situps e crunches é uma boa forma para exercitar o six-pack, mas existe um senão: a repetitiva flexão da coluna pode provocar o aparecimento de problemas nas costas e danos irreparáveis. Ao recomendarem este tipo de abdominais, alguns personal trainers prejudicam o que mais deveriam proteger: o bem-estar do cliente, ou seja, a sua saúde.

Dica MH: Opte por exercícios isométricos. Manter a estabilidade e a resistência é a verdadeira função do seu core, logo os exercícios que desafiam estas funções são o segredo para proteger as suas costas ao máximo. Experimente treinar com alongamentos na fitball: coloque-se de joelhos no chão e apoie os antebraços e as mãos na fitball. Lentamente, empurre a fitball para a frente, estendendo os braços e o corpo o máximo que conseguir sem alterar a curvatura normal da sua zona lombar. Utilize os músculos abdominais para voltar a aproximar a fitball da sua posição inicial. Até pode parecer fácil, mas experimente fazer algumas repetições.

O mau conselho: “Não descanses entre séries”
Este método continua a ser aplicado vezes sem conta e, quando mal aplicado, pode ser desastroso. O motivo: levantar cargas pesadas requer o uso de fibras de contração rápida que geram mais força, mas que também se cansam mais rapidamente. Se os seus músculos não tiverem suficiente tempo de descanso entre séries, não conseguirá trabalhá-los na sua real capacidade, diminuindo os resultados e aumentando o risco de lesão. Cansar o corpo é fácil, mas existe uma diferença ente cansaço e um bom progresso físico. E nem todos os personal trainers distinguem a diferença.

Dica MH: Respeite os intervalos: 45 segundos são 45 segundos, nem mais, nem menos. De forma geral, quanto menos repetições fizer, mais carga poderá levantar. Assim, também mais tempo terá que descansar esse grupo muscular antes de o voltar a treinar de forma intensa.

  • Show Comments

ARTIGOS RELACIONADOS


OUTROS CONTEÚDOS GMG


Send this to friend