Quando deve começar a preparar a próxima Maratona?

Já está. Acaba de correr a Maratona de Lisboa e até se sente bem. Calma, isso não significa que o seu sistema musculosquelético já tenha recuperado. Ora vejamos…

Os maratonistas experientes estão conscientes de que podem sofrer da “depressão pós-maratona” e também sabem o que esperar das semanas posteriores à corrida. Nos primeiros dias, descem as escadas de costas porque lhes doem todos os músculos a cada passo. Nesta fase, dói até pensar em voltar a correr. Contudo, nem todos os corredores passam tão mal. Alguns estão bastante bem e ficam inquietos a pensar em planear a sua próxima prova. Mas não precisa de se precipitar. Mesmo que se sinta fenomenal, o seu sistema musculosquelético provavelmente não está recuperado.

Não siga o exemplo de atletas de elite, porque estão bastante treinados e podem fazer outra prova logo uma semana depois da maratona. As semanas posteriores a uma maratona apresentam várias dificuldades físicas e mentais quase tão complicadas como as do período de preparação e da própria corrida.

Existe quem necessite de um mês inteiro para voltar a correr sem esforço. Se se preparou adequadamente, com um equilíbrio correto entre treino variado e períodos de descanso, é provável que recupere em apenas algumas semanas. Como regra geral, por cada quilómetro da corrida precisa de meio dia de recuperação. Isto significa que, depois dos 42 quilómetros da maratona, deveria reduzir o seu treino durante um período mínimo de 3 semanas.

Por outro lado, para a meia maratona o processo é bastante mais rápido e a recuperação pode ser de cerca de 10 dias, já que são menos horas a correr e de desgaste metabólico. Também dependerá se os 21 quilómetros foram o objetivo da temporada ou simplesmente um passo para a maratona. Se for o último caso, abrande o ritmo ou descanse três a cinco dias.

ARTIGOS RELACIONADOS


OUTROS CONTEÚDOS GMG


Send this to friend