Como comer para render mais

Para não seguir uma má alimentação que acabe por afetar o seu rendimento, reunimos as chaves da nutrição que lhe permitirão tornar-se num atleta que sabe evitar os erros mais comuns dos inexperientes.

Um bom pequeno-almoço
Inclua um alimento dos três grupos na sua primeira refeição do dia para começar a jornada com energia. Lembre-se: o pequeno-almoço deve consistir num alimento rico em hidratos de carbono, tais como os cereais, outro rico em proteína, como o leite ou iogurte e ainda uma fruta (fibra). Bom apetite matinal!

Comer após o treino
Depois de uma sessão longa de treino ou outra com as temidas séries, é vital encher o depósito do seu organismo nas duas horas seguintes com hidratos de carbono e proteínas. Desta forma, ajuda o corpo a recuperar as reservas de glicogénio muscular e a regenerar os estragos provocados nos músculos.

Coma ainda mais hidratos de carbono
Além de os ingerir após o treino, deve acrescentar mais hidratos de carbono à sua dieta, pois são a base fundamental para qualquer desportista. Coma-os às refeições, utilizando também às versões integrais que acrescentam uma boa ajuda em termos de fibra, minerais e vitaminas.

Mais proteína, frutas e também verduras
O desgaste muscular obriga-o a incluir no pequeno-almoço, almoço e jantar alimentos ricos em proteínas, tal como a carne, peixe ou ovos e também em fibra, como os legumes, frutas e verduras. Não facilite na hora de abastecer o seu organismo com os melhores ingredientes e nutrientes. A recompensa surgirá nos treinos!

  • Show Comments

ARTIGOS RELACIONADOS


OUTROS CONTEÚDOS GMG


Send this to friend