Menos tempo de treino, mais resultados

Aceite este desafio, faça estes exercícios, cuide da alimentação e voltamos a falar daqui a 4 semanas…

  • Anterior
  • Próximo

    Comece assim...

1, 2, 3… partida! Coloque-se na posição de extensão de braços (flexões), mas com os pés afastados à largura dos ombros. Se tiver dificuldade em manter-se nesta posição, pode apoiar-se nos antebraços. Contraia os glúteos e os abdominais o máximo que conseguir. Considera fácil demais? Pode dificultar ao fazer as flexões sob halteres.

    Solicite os músculos do tronco

Sem mover a parte superior do seu corpo, aproxime lentamente o joelho esquerdo do cotovelo direito, demorando entre 15 a 20 segundos. Regresse à posição inicial e troque de lado. Mantenha os abdominais contraídos e utilize as extremidades para criar forças multidirecionais que o obriguem a trabalhar os abdominais com mais força. Se sentir demasiada tensão na zona lombar, reduza o tempo dos movimentos da perna.

    Aumente a potência

Coloque-se na posição de prancha e apoie o corpo num dos braços (ou com a mão ou com o antebraço). Com o braço livre estendido, “enrole-o” por baixo do braço de apoio, demorando entre 15 a 20 segundos durante a execução. Inverta o movimento e volte a estendê-lo em direção ao teto. Não tenha pressa: a estabilidade é a chave para trabalhar os músculos da barriga, algo nada fácil. Troque de lado e repita.

    Note a diferença

Regresse à posição de extensão de braços (flexão). Retire uma mão do chão e passe-a por baixo do corpo até tocar na sua coxa. Mantenha o tronco o mais direito possível. Este movimento deve demorar entre 15 a 20 segundos. O objetivo é aumentar a estabilidade sem demasiada rotação. Troque de lado e repita. Essa sensação de ardor nos seus músculos é sinónimo de resultados futuros.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

ARTIGOS RELACIONADOS


OUTROS CONTEÚDOS GMG


Send this to friend