Tudo o que deve saber sobre whey

A proteína de soro de leite – ou whey – é um dos suplementos mais utilizados pelos desportistas.

1. O que é?
É a parte líquida que se obtém depois da separação da caseína. Contém proteínas solúveis de alta qualidade como a lactoglobulina, lactoalbumina e albumina, que são uma grande fonte de aminoácidos essenciais (os que o corpo é incapaz de sintetizar e que devem ser consumidos através da alimentação), garantindo aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA).

2. O que faz?
Já demonstrou ter um enorme potencial para a hipertrofia muscular, até mais que outros suplementos como a caseína. É de rápida digestão e absorção, tornando-se ideal para a recuperação após o treino. E quando o treino é muito demorado e intenso, o ideal é conjugar a whey com hidratos de carbono para uma boa recuperação do glicogénio muscular.

3. Qual o aspeto?
Concentrada: é eliminada parte da gordura e ainda mantém alguma lactose. É a forma mais económica de consumir soro de leite e, dependendo do produto, as concentradas podem ter entre 60 a 80% de proteínas.

A evolução do consumo deste nutriente tem sido avassaladora, passando dos 5 kg anuais por habitante para os 50 kg!


TIPOS DE WHEY
Isolada

É a forma mais pura de proteína de soro de leite. É processada de forma a eliminar totalmente a gordura e a lactose, apresentando 90% (ou mais) de proteína. Tal como a concentrada, a isolada apresenta um ligeiro sabor a leite.

Hidrolisada
É a proteína de soro pré digerida. Por outras palavras, quebram-se algumas ligações na proteína para acelerar a digestão e absorção, ainda que de forma geral a proteína se absorva de maneira muito rápida. O preço costuma ser mais caro e o sabor não é tão parecido ao leite.

ARTIGOS RELACIONADOS


OUTROS CONTEÚDOS GMG


Send this to friend