Publicidade Continue a leitura a seguir

10 Perguntas que deve fazer numa entrevista de emprego

Publicidade Continue a leitura a seguir

Todos sabemos que numa entrevista de emprego, o seu futuro empregador irá perguntar se tem alguma questão que gostaria de colocar. Estas perguntas são uma oportunidade para mostrar que está interessado na empresa e em descobrir mais sobre se a função para a qual se candidata é a certa para si.

Pode ser difícil saber quais são as perguntas a fazer numa entrevista de emprego, especialmente com a pressão do momento, e é aí que entram estas dicas do especialista em carreira Deepa Somasundari, diretora de projetos estratégicos da Indeed e da Vicki Salemi, especialista em carreira da Monster.

10 Perguntas que deve fazer numa entrevista de emprego

  1. “Pode desenvolver as responsabilidades diárias que este trabalho implica?”

Esta é a sua oportunidade de descobrir mais sobre o que vai fazer e obter uma visão sobre os principais acontecimentos diários. “As descrições de cargos normalmente descrevem apenas algumas das tarefas envolvidas com o trabalho em questão, por isso esta é uma boa pergunta a ser feita”, explica Deepa. “A resposta será importante para determinar se este trabalho é ou não adequado para si.” Isto deve ajudá-lo a entender como a sua futura vida profissional pode ser e se funciona ou não para si.

  1. “Por que motivo esta posição está disponível?”

“Esta pergunta pode fornecer informações sobre a organização, diz Vicki. “Se a pessoa anterior foi promovida, isso mostra crescimento e o potencial da carreira, para que não fique necessariamente preso num emprego sem saída. Se for uma nova oportunidade, também é uma boa notícia – o departamento está em expansão. Se alguém foi dispensado, talvez tenha sido por motivos de desempenho. Preste atenção não apenas ao motivo pelo qual a posição está disponível agora, mas também ao motivo subjacente. Este fornece informações sobre as expectativas da administração.”

  1. “Quais são as características de alguém que teria sucesso nesta função?”

Mais uma vez, esta é uma maneira segura de ver se o papel combina consigo e se a sua personalidade é uma boa opção para a empresa. Como Deepa diz: “A resposta a esta pergunta realmente vai ajudá-lo a entender quais são as habilidades e atitudes que precisará mostrar para ser um sucesso e rapidamente lhe dará uma ideia das qualidades que eles esperam ver na pessoa que contratam. Também lhe dará uma visão das características daqueles com quem pode trabalhar se aceitar o trabalho.”

  1. Pergunte algo sobre a empresa com base num título ou num post recente nas redes sociais.

Esta é para mostrar que fez o seu ‘trabalho de casa’ e prova que está comprometido e entusiasmado. “Ao se preparar para a entrevista, crie uma pergunta específica para cada empregador. Esta não é uma pergunta de modelo específico (como as outras) que pode fazer a todas as empresas.Por isso, quando ler os feeds das redes sociais da empresa, site, e pesquisas no Google antes da entrevista, tome nota”, diz Vicki.

“Se houver uma foto de um dia de voluntariado publicada nas redes sociais da empresa, pergunte com quais as instituições de caridade eles trabalham e com que frequência esse voluntariado ocorre. Se a seção de notícias do site indicar que eles estão em crescimento na Ásia, pergunte sobre como isso irá impactar o seu papel.”

  1. “Que desafios atravessaram as pessoas que desempenharam este cargo?”

“Durante as suas entrevistas, você quer ter uma perspetiva clara de como é o trabalho, bem como os seus desafios e recompensas”, aconselha Deepa. O seu trabalho deve desafiá-lo, mas você também quer saber o que está a assumir e se será capaz de gerenciá-lo. “Obter as perspetivas do entrevistador sobre possíveis obstáculos irá prepará-lo para as dificuldades que pode encontrar, mas também alertá-lo para formas de lidar com elas.”

  1. “Por que motivo gostam de trabalhar aqui, para além das pessoas?”

Vicki aconselha fazer esta pergunta a todas as pessoas da equipa com quem faz a entrevista e diz que é importante incluir ‘além das pessoas’, porque normalmente esta é resposta principal.

“A resposta pode dar-lhe uma visão sobre a cultura da empresa e as suas prioridades. Descubra se é a flexibilidade, o crescimento de carreira, o salário, os benefícios, a cultura ou qualquer outra coisa… Se todos dizem a mesma coisa, como a capacidade de trabalhar em qualquer lugar, então a flexibilidade é uma prioridade nos valores da empresa”, diz.

  1. “Como é que o meu desempenho será medido?”

Isto porque todos nós queremos metas claras e estruturadas, não é? “Fazer esta pergunta dá-lhe informações mais específicas sobre como pode ter sucesso neste trabalho. A resposta a esta pergunta será útil para você próprio mesmo se não conseguir o emprego – pode usar os insights que eles partilharam para identificar novas áreas de desenvolvimento profissional”, diz Deepa.

Saber como as realizações no trabalho serão medidas pode ajudá-lo a ter um melhor desempenho no local de trabalho e a chegar lá com mais eficácia.

  1. “Como é que a empresa apoiará o desenvolvimento profissional desta função?”

“É importante ver como é o empregador apoiará o crescimento da sua carreira. Ele terá um orçamento para cursos e conferências? Haverá formação interna? Terá um mentor? ” questiona Vick.

“Pode colocar estas questões, mas primeiro descubra como a empresa apoiou o entrevistador ou planeia apoiar o novo contratado nesta função. Trabalhar para um empregador que priorize o seu desenvolvimento profissional é fundamental, e esta pergunta pode ajudar a fornecer discernimento sobre isso.”

  1. “Qual é o salário”?

O relatório “The Meaning of Work” de 2019 da Indeed revelou que para 57% da força de trabalho que o salário permanece entre os cinco principais fatores mais importantes – e Deepa diz que não deve existir vergonha em perguntar sobre isso numa entrevista. “Nem todas as descrições de cargos contêm informações salariais, por isso, embora falar sobre dinheiro possa ser difícil, é importante fazer a pergunta para saber como o salário se compara às médias do mercado e se há espaço para negociação.” Avalie o humor – não quer parecer presunçoso, mas se o dinheiro não foi discutido, esta é sua oportunidade.

  1. “Qual é o próximo passo?”

Vicki aconselha a deixar esta pergunta para o final e acha importante obter clareza sobre os tempos e o processo, caso tenha sucesso.

“Como ex-recrutadora corporativa, posso dizer que normalmente a empresa não oferece um emprego durante a entrevista. Eles completam a rodada de entrevistas com vários candidatos primeiro e avaliam cada candidatura antes de tomar a decisão de prosseguir”, explica.

“Obter um prazo, bem como o processo (algumas entrevistas de emprego incluem um teste, por isso é bom saber se o processo envolverá quaisquer elementos adicionais) é útil para que saiba o que esperar – especialmente se estiver a fazer malabarismos com mais de um empregador!”

Next: Ritual básico: 3 simples passos para uma barba perfeita