Helena Coelho regressa à Men’s Health em alto nível. Mantém uma beleza natural, um charme e sensualidade inquietantes. Vamos conhecê-la melhor… junto à piscina, que isto está calor!

O que mais mudou em ti desde a última vez em que fotografaste para a Men’s Health Portugal?
Sinto uma realização pessoal e profissional muito grande. Surgiram grandes projetos, estou uma mulher mais serena e com mais maturidade.

Em termos profissionais, como é que se transmite essa maturidade e a própria inteligência de uma mulher?

Em frente a uma câmara acabamos sempre por ter de transmitir confiança em nós próprias. Seja em que idade for, quando temos a câmara à frente, só há espaço para a determinação e segurança. Obviamente que com a idade vem a maturidade e algumas formas de defesa que se aprendem com o passar dos anos. A confiança que tenho agora em mim é completamente diferente da que tinha há uns anos.

A carregar vídeo...

E neste ciclo, consideras que o homem português também se soube modernizar? Em que aspetos melhorou e o que ainda tem de fazer?
O homem português soube modernizar-se em muitas coisas, mas ainda é um bocadinho machista. Não sinto que já exista a verdadeira igualdade entre homens e mulheres e esse é um caminho que deveria ser percorrido o quanto antes! Mas claro que os homens se têm vindo a atualizar. É algo que nos está incutido, seja a homens ou a mulheres, a adaptação ao sistema social e consequente modernização.

Quais são as qualidades que ainda não encontraste num homem? Ou seja, o que é que, afinal, vocês esperam de nós?
É possível encontrar diferentes qualidades em vários tipos de homens, o mais raro é encontrar alguém que seja absolutamente perfeito com o conjunto de todas as qualidades que nós mulheres tanto valorizamos.

Mas não concordas que uma mulher bonita e com um corpo fantástico triunfa mais facilmente que uma menos vistosa, mas talentosa?

Esta pergunta tem muito que se lhe diga! Uma mulher menos vistosa mas talentosa pode tornar-se bastante admirável devido ao seu talento. O talento confere um charme e uma beleza muito próprios. Uma mulher bonita, por sua vez, tanto tem a facilidade da imagem como enfrenta o preconceito de ter de provar o seu real valor. É muito importante, mais do que o aspeto físico, trabalho e dedicação constantes para conseguirmos atingir os nossos objetivos.

A beleza está sempre associada a hábitos saudáveis. O que fazes para manter a forma?
Nada! Mas estou seriamente a pensar iniciar algum exercício físico, aliás, já me comprometi comigo própria a começar a treinar a partir deste mês de setembro! Mais do que do aspeto físico, estes cuidados são muito importantes para a nossa saúde e bem-estar. Portanto, quero dar o meu melhor, por mim, para o meu equilíbrio e para me sentir bem.

O homem ideal tem de ser inteiro. Cuidado com o corpo sim, mas sem esquecer tudo o resto. Simpatia, saúde, boa disposição, sentido de humor, lealdade, sinceridade… podia nunca mais acabar!

  • Show Comments

ARTIGOS RELACIONADOS


OUTROS CONTEÚDOS GMG


Send this to friend