É assim que vai ser a versão coreana de “La Casa de Papel”

8 Maio, 2022

La casa de papel

Para que a adaptação de uma série de ficção seja bem-sucedida, duas realidades devem estar presentes. A primeira, e indispensável, é que a série tenha sido um sucesso esmagador. E a segunda, já ter passado mais de uma década desde o seu fim, como no caso de Gossip Girl, ou ter protagonistas poderosos, como aconteceu na versão coreana que a Netflix está a preparar da La Casa de Papel. O assalto do século em Espanha terminou, e já sabemos que vamos ter La Casa de Papel com Park Hae-soo, um dos protagonistas de The Squid Game, como personagem principal.

A melhor parte? A Netflix já anunciou quando a versão coreana chegará aos nossos ecrãs, e será no dia 24 de junho! No nova versão, a máscara do pintor Salvador Dalí, é substituída por máscaras tradicionais coreanas, usadas antigamente em diversas ocasiões: rituais funerários, por soldados ou até mesmo em cerimónias xamanísticas.

A notícia de que Park Hae-soo ocupará o lugar de Pedro Alonso no papel de Berlim na adaptação oriental da produção espanhola é apenas a primeira de muitas a vir. Até agora, o que sabemos sobre este projeto é que será dirigido por Kim Hong-sun e roteirizado por Ryu Yong-jae. Isto só significa que a história seguirá passos semelhantes aos já vistos nas cinco temporadas de La Casa de Papel, mas provavelmente tomará uma estética mais coreana, semelhante à que vimos em The Squid Game, muito mais crua e com menos ficção científica.

Como já viu na antevisão, os assaltantes, embora deixem para trás a máscara de Dalí, continuarão a usar o seu típico macacão vermelho para o assalto e isso deixa-nos ainda mais motivados para assistir – estamos prontos para o assalto!

Outros Artigos



Outros Conteúdos GMG

Send this to friend