Estudo: fazer exercício ao fim de semana é suficiente para a saúde

16 Julho, 2022

treinos outdoor

Se não tem a força de vontade necessária ou os meios necessários para fazer exercício durante a semana, temos boas notícias para si. Um estudo recente, realizado nos Estados Unidos sugere que fazer exercícios ao fim de semana é tão benéfico para a nossa saúde como distribuir esses mesmos exercícios ao longo da semana.

De acordo com os investigadores do JAMA Internal Medicine Journal, desde que os indivíduos façam 150 minutos de exercício moderado ou 75 minutos de exercício intenso por semana, não importa quando o faz, já está a colher frutos para a sua saúde. Para chegar a essas descobertas, foram analisadas 350.000 pessoas ao longo de dez anos para medir as diferenças entre os treinos durante a semana e os fins de semana.

Enquanto a maioria dos envolvidos no estudo foi capaz de atingir a meta de minutos de exercício com treinos distribuídos ao longo da semana, outros simplesmente procuraram acumular os minutos em algumas sessões. No entanto, aqueles da última categoria ainda tinham um risco de morte menor do que aqueles que não receberam a quantidade recomendada.

Como a NHS sugere, “exercício apenas uma ou duas vezes por semana pode reduzir o risco de doença cardíaca ou acidente vascular cerebral”, e quando se trata do tipo de exercício, pode ser moderado, enérgico ou curto, mas intenso. Mesmo assim, eles sugerem distribuir o exercício uniformemente ao longo da semana, pois a maioria de sente-se melhor quando se move e o movimento diário não é apenas um aspeto importante para nossa saúde física, mas também para a nossa saúde mental e emocional.

Quando se trata de atividades aeróbicas moderadas, as recomendações incluem uma caminhada rápida, dança ou andar de bicicleta, enquanto os exercícios mais vigorosos incluem corrida, natação, salto ou treino em circuito.

O estudo pode ser celebrado por aqueles que simplesmente não têm a capacidade de encaixar o exercício nas suas rotinas diárias durante uma semana de trabalho apertada, mas temos que dizer que, quando se trata de condicionamento físico e saúde, a consistência é fundamental.

Com isso em mente, estamos inclinados a ver o estudo como um lado positivo para aquelas semanas em que realmente estamos sob pressão ou a recuperar-nos de uma gripe. No entanto, em última análise, o movimento diário é uma bênção: é algo que o nosso corpo foi projetado para fazer e não precisamos exatamente de um estudo para provar que o nosso coração e mente estão sempre melhores se incorporarmos o exercício físico diariamente.

Outros Artigos



Outros Conteúdos GMG

Send this to friend