Foi por isto que Ben Affleck desistiu do papel de Batman

7 Abril, 2022

Ben Affleck

Gadgets da próxima geração, supercarros à prova de bala e dinheiro suficiente para comprar em todo o lado: seria justo dizer que pegar na capa de Bruce Wayne – e, portanto, Batman – seria o sonho de qualquer um.

Mas em entrevista à Entertainment Weekly, Ben Affleck provou que tudo o que é ouro não brilha. Falando à publicação de entretenimento de Hollywood o ator levantou o véu sobre as dificuldades que teve enquanto interpretava o vigilante de Gotham em cinco filmes (Batman v Super-Homem: O Despertar da Justiça, O Esquadrão Suicida, Liga da Justiça, Liga da Justiça de Zack Snyder e The Flash.

“Tive uma experiência má em Liga da Justiça por muitas razões diferentes”, disse Affleck. “Não querendo culpar ninguém, há muitas coisas que aconteceram”. Mas o que realmente aconteceu, foi que eu não estava contente. Não gostei de lá estar”.

“Não achei que fosse interessante. Depois aconteceram algumas coisas realmente más, coisas horríveis. E eu disse, ‘não vou continuar a fazer isto'”. Foi então que Affleck revelou que confidenciou a um amigo íntimo o que fazer depois das filmagens. “Na verdade, falei com o Matt Damon sobre isto, e ele foi uma influência principal nessa decisão”, contou à Entertainment Weekly.

“Queria fazer coisas que me dessem alegria. Fiz o filme O Último Duelo e diverti-me todos os dias. Eu não era a estrela. Eu era um vilão. Eu não era tudo o que pensava que era suposto ser quando comecei e, no entanto, foi uma experiência maravilhosa”.

A última atuação de Affleck como Batman será em 2023 no spin-off The Flash, com o ator a deixar o legado a Robert Pattinson.

Outros Artigos



Outros Conteúdos GMG

Send this to friend