Número 250, um novo rumo!

4 Julho, 2022

Desde o número um da Men’s Health – já lá vão mais de 21 anos – que quem trabalha na revista sente que tem o papel essencial de veicular informação que ajude o homem português a levar um estilo de vida saudável e equilibrado. Posso afirmar que somos mesmo “obcecados” pelos nossos leitores. Fazemos tudo para que percebam o valor dos nossos conteúdos e sintam a utilidade de os colocarem em prática. Quem trabalha cá sabe que lhes digo sempre: Um leitor vale por mil! Por que é que estou a escrever isto? Primeiro, para dizer que é um orgulho chegar a uma edição tão emblemática como a 250. Segundo, para dizer que estamos preparados para começar uma nova era na Men’s Health. O foco manter-se-á nos nossos leitores – isso será sempre premissa número um -, mas com muito mais participação deles neste novo ciclo da revista que tanto gostam.

O maior objetivo passa a ser humanizar (ainda mais) a Men’s Health. Queremos estar mais próximos do que nunca de todos vocês, mostrar-vos os rostos de quem vos escreve diária e mensalmente, desafiar-vos a participar em todas as edições, seja na área de fitness, nutrição, moda, cuidado pessoal, consultório, histórias de vida ou de mudança. A partir deste número 250, vamos acrescentar valor com assuntos que vocês mais sintam falta e adicionaremos novas formas de vos fazer chegar os conteúdos. Amplificaremos o que leem todos os meses na revista com muita interação com o digital, com uma aposta a mil por cento nos conteúdos em vídeo. Em breve, lançaremos um novo site nesse sentido, vamos otimizar os conteúdos em todas as redes sociais em que estamos presentes (Instagram, Facebook, TikTok, Twitter) e, claro está, vamos desafiar-vos a estarem connosco nas dezenas de eventos que pretendemos fazer até ao final deste ano. Aliás, o HEALTHFESTby Continente que realizámos no final de maio, e por onde passaram perto de oito mil pessoas, não nos deixou dúvidas de que junto aos nossos leitores é que estamos bem. Vocês são, de facto, uma comunidade única. Obrigado!

Mas mais importante que falar ou escrever, é dar o exemplo. Sempre ouvi dizer que “falar é fácil, fazer é que é mais difícil”. Por isso, se ser exemplo é agir diferente, não me adiantaria falar em mudanças na Men’s Health se os atos não as acompanhassem. Por isso, após largos anos a “fugir ao assunto” – não com receio de não o conseguir, mas porque sempre defendi que a primeira página é para os outros -, decidi aceitar o desafio de um grupo de leitores que insistem, como disse, há anos: ser capa da Men’s Health! Um facto inédito para a marca em todo mundo – ter o próprio diretor a dar o exemplo -, mas que internamente achámos que editorialmente faria o “match” para os vários objetivos que escrevi anteriormente: ter uma capa imprevista num número tão especial com o 250, existir uma história diferente e de superação (página 82), dar enfâse à idade atual da primeira geração de homens que começou a ler a MH – hoje a maior parte tem quarenta e cinquenta anos – e trazemos uma especial com 21 páginas sobre a meia-idade e, sobretudo, cumprir com o objetivo de humanizar a Men’s Health. Não foi fácil. Isto de gerir duas revistas mundiais, ter duas filhas e zero suporte familiar em Lisboa, dar aulas de comunicação digital, ter uma hérnia terrível na L5-S1, etc., e ter tempo para cuidar de mim, teve alguns altos e baixos. Sobretudo, nos dois anos de confinamento. E, claro, o facto de ter 44 anos. Mas dei tudo de mim para ser um exemplo digno de um Homem Men’s Health. Um homem feliz com a vida, saudável, positivo e amigo do seu amigo.

“Dar o exemplo não é a melhor maneira de influenciar os outros. É a única.” – Albert Schweitzer

Abraços,

Pedro Lucas

Outros Artigos



Outros Conteúdos GMG

Send this to friend