Afinal, a proteína deve ser tomada antes ou depois do treino?

15 Setembro, 2022

proteína

O seu sistema digestivo é mais inteligente do que pensa – é capaz de absorver e armazenar aminoácidos para quando os músculos precisam deles.

De acordo com uma pesquisa publicada na revista científica Journal of the International Society of Sports Nutrition, as suas refeições pré e pós-exercício podem ser separadas por cerca de quatro horas.

“Importa o consumo total de proteína ao longo do dia e a sua ingestão fracionada em várias refeições, em doses equivalentes e não apenas e só em dias de treino”, refere Tânia Furtado, nutricionista no Hospital Lusíadas Lisboa.

A especialista esclarece que “a quantidade e qualidade da proteína ingerida são aspetos a ter em conta e que devem ser adaptados ao indivíduo e modalidade desportiva em questão”.

E se acha que só precisa de consumir proteína para ganhar músculo, desengane-se. Marta Neves, nutricionista no Nutrialma, em Lisboa, conta que este mito se deve à existência de muitos suplementos específicos para desportistas à base de proteína.

No entanto, os hidratos de carbono e a gordura também são fundamentais, pois “contribuem para o ótimo funcionamento do organismo. Se não existir um equilíbrio entre os três macronutrientes, o ganho de massa muscular é prejudicado”, explica a especialista do Nutrialma.

Outros Artigos



Outros Conteúdos GMG

Send this to friend