Café gelado, a bebida do verão: experimente nestas seis versões

12 Agosto, 2022

café frio

Nas férias ou em casa, quando chega o verão, poucas coisas são mais cobiçadas do que bebidas frescas e refrescantes. A moda do verão de 2022 é o café gelado. Desde a versão clássica feita com a cafeteira moka e depois refrigerada no frigorífico, até ao mais inovador leite alcoólico ou de amêndoa, o café gelado está entre as bebidas mais frescas da estação.

De acordo com alguns jornais londrinos, a moda do café gelado nasceu durante a pandemia, em abril de 2020. Naqueles dias, muitas pessoas, fechadas nas suas casas e aborrecidas, tentaram fazer a sua própria versão de café gelado, fazendo explodir a tendência da bebida no TikTok.

Não é portanto por acaso que um inquérito recente mostrou que todo o mercado global do café gelado, especialmente a sua versão engarrafada, irá crescer quase 30% até 2028.

Quando deve beber café frio?

O café frio foi provavelmente inventado em 1957, durante a Feira Internacional em Salónica, quando um empregado da Nestlé fez café sem água quente.

A cafeína é frequentemente considerada uma substância a ser evitada durante períodos de temperaturas elevadas, uma vez que contribui para a desidratação do corpo.

Segundo Tamara Hew-Butler, investigadora de fluidos corporais na Universidade Estadual de Wayne, diz que o café também pode ser consumido no verão, porque é tão hidratante como a própria água, por aqueles que o utilizam diariamente. A investigadora, no entanto, tende a desaconselhar a sua utilização no verão para aqueles que não estão habituados ao seu consumo, pois poderia levar à desidratação.

Seis versões de café gelado

Do caramelo ao whisky, passando pelo leite de amêndoa. Existem várias combinações que tornam o café gelado único. Versões doces, para o fim da refeição ou uma pausa a meio da tarde, ou alternativas aos cocktails noturnos de praia.

Café Leccese:

A versão com origem em Lecce é preparada com uma cafeteira moka. Depois de deixar arrefecer o café, adicione cubos de gelo e, mais importante, 40 ml de leite de amêndoa, fresco do frigorífico, à chávena.

Café vietnamita:

É muito simples de fazer e também requer uma cafeteira moka. Basta deitar algum leite condensado no fundo da cafeteira, antes de juntar o café. Quando os dois líquidos se tiverem misturado, verter para um copo alto cheio de gelo.

Café, whisky e amaretto:

Para esta versão, também adequada para um fim da refeição, são necessários dois ingredientes especiais: creme de whisky e amaretto. Verta café frio, gelo e açúcar num copo, depois adicione uma dose de creme de whisky e algumas gotas de amaretto.

Expresso Martini:

O café fresco para desfrutar ao pôr-do-sol, talvez na praia, numa versão de cocktail. É feito com café, vodka e baunilha ou xarope de açúcar vertido no shaker e depois coado no copo de martini, com a adição de gelo e um morango (ou alguns grãos de café ou lascas de chocolate) em vez de uma azeitona.

Café e caramelo:

Uma versão adequada para os amantes de doces. Prepare o café com a cafeteira moka e deixe-o arrefecer. No fundo de um copo vazio, coloque um pouco de molho de caramelo, depois adicione leite espumado e gelo; termine juntando o café frio.

Outros Artigos



Outros Conteúdos GMG

Send this to friend