“Perdi 15 quilos em 3 meses de trabalho diário”

5 Dezembro, 2018

A vida de emigrante em Marrocos fez com que Jorge Barbosa, de 28 anos, aumentasse bastante de peso. Um estilo de vida saudável mudou tudo para melhor.

O primeiro passo. No início deste ano, Jorge Barbosa deixou o emprego que tinha em Marrocos e regressou a Évora. Os 85 quilos que pesava – 28% de massa gorda – levaram os familiares a alertá-lo para o peso a mais, algo que foi mais tarde confirmado por um médico.

“Foi quando a minha médica me disse que estava com colesterol alto que decidi imediatamente mudar de estilo de vida e perder peso. Mal cheguei a Évora, em fevereiro, analisei tudo o que a cidade tinha para oferecer e resolvi inscrever-me no Ginásio Everybody. O objetivo era perder peso ao mesmo tempo que ocupava os tempos livres“, recorda Jorge Barbosa à Men’s Health.

A alimentação. Em El Jadida, a cidade marroquina onde Jorge trabalhava, os fritos eram uma constante na maioria das refeições. Para perder peso, começou por cortar nos fritos, gelados, pão, enchidos e bolos. Os sumos e bebidas alcoólicas também ficaram de parte.

Treina cinco dias por semana.

“Opto por comer sopas, peixe e carne grelhada. Não como em exagero, apenas o necessário. Há cerca de um mês resolvi ter objetivos mais ambiciosos. Consultei uma nutricionista e agora tenho um plano alimentar em que como a cada duas horas“, explica o engenheiro.

O treino. Uma das primeiras coisas que Jorge fez quando chegou a Évora foi inscrever-se no ginásio, onde, desde então, treina cinco dias por semana. No início do processo procurou a ajuda de uma profissional, a personal trainer Raquel Cabaço, que ainda hoje o acompanha. No primeiro mês perdeu logo 6 quilos.

“No Everybody fizeram-me logo uma análise à condição física. A situação era catastrófica: 85 quilos e 28% de massa gorda. Naquele mês de fevereiro conheci a Raquel, que é uma das professoras do ginásio, e senti que ela era a pessoa certa para me ajudar no maior desafio da minha vida“, conta Jorge Barbosa.

“A introdução da corrida no trabalho do Jorge foi muito importante para este processo.”

Depois da avaliação física, a personal trainer quis traçar objetivos que fossem concretizáveis a médio prazo. Começaram por trabalhar a resistência aeróbia de Jorge através de máquinas como a passadeira, elíptica, bicicleta e remo. Na fase seguinte combateram a massa gorda com um treino intervalado (HIIT), em que iam alternando o trabalho de cardio com os treinos de força.

“A introdução da corrida no trabalho do Jorge foi muito importante para este processo. Conseguiu emagrecer de uma forma sustentada. Sabíamos com que batimentos cardíacos devíamos treinar, o que permitiu que tivéssemos treinos diferentes, estimulantes e desafiantes para que o Jorge se sentisse motivado ao longo do processo. Nunca pensei é que, com estas corridas, ele se tornasse um adepto da modalidade. Deixou de ser alguém que não gosta de correr e passou a fazer provas de 10 quilómetros. Agora até a meia-maratona faz e com resultados bem interessantes”, explica Raquel Cabaço.

Conselhos. Em 2018, o Jorge não perdeu apenas 15 quilos. Ganhou uma vida nova. Diz ter mais energia, melhor disposição, tolerância, calma e concentração.

“A mensagem que deixo para quem quer perder peso é ter foco no objetivo. É um trabalho árduo que exige superação a cada momento, mas no final vale muito a pena. Ter um bom grupo de colegas que vos apoiem nos momentos mais duros é importante. E uma Raquel que vos dê um plano de treinos exigente é o toque de Midas”, acrescenta o engenheiro.

Clique aqui e siga-nos no Instagram


Leia também

“Antes e Depois” que mais surpreenderam o mundo

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Outros Artigos



Outros Conteúdos GMG

Send this to friend