Publicidade Continue a leitura a seguir

4 efeitos negativos do álcool que não conhece

Publicidade Continue a leitura a seguir

Além do efeito desconfortável da ressaca depois de uma noite de copos, o álcool tem outros efeitos negativos para a nossa saúde. A nutricionista, fisiologista de exercício e cofundadora da Nutrition/Beauty Food Veronika Larisova fala-nos sobre as consequências menos óbvias de consumir álcool.

4 Efeitos negativos do álcool que não conhece

1. O álcool pode matar sua libido e a motivação porque reduz a testosterona

Tanto os homens quanto as mulheres precisam de testosterona para um desejo sexual saudável e motivação. Nas mulheres especificamente, os sintomas de baixa testosterona podem se apresentar como diminuição do desejo sexual ou satisfação sexual, fadiga e baixa energia.

Um estudo mediu os níveis de testosterona antes e depois do consumo de álcool e descobriu que os níveis de testosterona desceram 25% no estado mais intoxicado. Quando os níveis de álcool no sangue eram os mais altos, a testosterona era mais baixa.

2. O álcool pode fazer com que perca músculos e ganhe gordura

Existem muitas razões pelas quais o álcool causa ganho de gordura e perda de massa muscular. Além de ser rico em açúcar e calorias vazias, o álcool inibe a capacidade de queimar gordura até 73%. Também diminui o fator de crescimento semelhante à insulina tipo I em até 35% (o IGF-1 é uma hormona responsável pelo desenvolvimento da massa muscular magra). O consumo de álcool também rouba o cálcio do corpo (crucial para a função muscular) e reduz a síntese de proteínas e a libertação da hormona do crescimento. Este é um cenário perfeito para ganho de gordura, baixo desempenho de treino, capacidade reduzida de construir massa muscular magra e recuperação pós-exercício ineficiente.

3. O álcool pode fazer com que se pareça e se sinta mais velho

Todos nós sabemos que o álcool tem um efeito severamente desidratante no corpo, que a dor de cabeça latejante, depois de uma noite, é basicamente o resultado do seu cérebro ressacado, mas estudos também mostraram que o álcool reduz os níveis de vitamina A e rouba ao corpo, vitamina C, um potente antioxidante e um cofator chave na síntese de colagénio.

O álcool destrói as fibras de colagénio na pele, articulações e revestimento do intestino, causando diminuição da gordura da pele e mobilidade das articulações, bem como problemas intestinais, como disbiose intestinal e a chamada síndrome do intestino permeável. A inflamação causada pelo álcool contribui para o envelhecimento prematuro de dentro para fora e leva ao desenvolvimento de diversas doenças.

4. O álcool pode encolher o seu cérebro

O consumo moderado de álcool – o que significa uma bebida por dia para mulheres e até duas para homens – está associado a uma redução no volume cerebral, sugere uma nova pesquisa publicada na Nature Communications.

E, ao que parece, quanto mais bebe, mais o seu cérebro pode encolher. Um estudo descobriu que beber quatro bebidas por dia, comparado a não beber, está associado a mais de 10 anos de envelhecimento cerebral.

Next: Estes são os 5 carros mais caros e luxuosos do mundo