Com que frequência devo trocar de escova de dentes?

21 Maio, 2022

escova de dentes

Deve trocar de escova de dentes a cada três meses, caso se trate de uma utilização com pressão média. Após esse período a acumulação de bactérias, fungos e vírus pode tornar-se prejudicial para a saúde.

Importa perceber que as bactérias podem chegar à escova de dentes vindas de vários locais – incluindo da sua boca e até do ar! Contudo, o tempo de vida da escova de dentes não é o único indicador a ter em conta: a deformação das cerdas, assim como sinais de pigmentação que indiquem acumulação de fundos e bactérias são sinais de alerta a ter em conta.

Mesmo fazendo uma escovagem com movimentos e tempo corretos, uma escova deformada origina uma higiene deficiente e consequentemente problemas de inflamações das gengivas e cáries, para além de outros problemas de saúde oral.

Para prolongar o ciclo de vida da escova de dentes, anote estes três conselhos:

• Desinfete, semanalmente, a escova durante trinta minutos em meio copo de água com uma colher de bicarbonato e duas de vinagre. Esta técnica liberta todos os resíduos e odores acumulados.

• Se existirem problemas gripais, ou garganta inflamada, mergulhe a escova durante 10 minutos num antissético oral após a utilização. Passe depois por água e deixe secar.

• Guarde a escova com a parte das cerdas protegida por uma tampa.

Outros Artigos



Outros Conteúdos GMG

Send this to friend