Esta é a quantidade de sal que pode consumir

Esta é uma questão que ainda levanta muitas dúvidas, por isso convém saber a resposta para evitar dissabores.

Assim sendo, repetimos: Será que o corpo humano pode viver sem sal?
Jamais! Em si, o sal não é prejudicial e o nosso organismo pode passar sem sal, mas não sem sódio nem cloro, os componentes do sal.
Os constituintes do sal (sódio – Na+, cloreto – Cl-) desempenham funções como a absorção intestinal de nutrientes, transmissão nervosa, contração muscular e manutenção do volume celular e sanguíneo.
Posto isto, a eliminação total do sal da dieta, além de ser de difícil concretização, não seria de todo desejável.

O limite superior recomendado
de ingestão diária de sal é de cerca
de 6 gramas, sendo que 3,8 g/dia
são suficientes para a maioria dos adultos de 19 a 50 anos de idade.


Deve usar pouco sal ao cozinhar?

Não! A não ser que tenha passado o dia todo no sofá sem fazer nada, não é necessário reduzir a quantidade de sal nas comidas, desde que o faça dentro dos níveis aconselhados pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Contudo, os dados sobre o consumo de sal em Portugal sugerem que a maioria de nós faz uma ingestão excessiva e esta situação acarreta potenciais efeitos indesejáveis nomeadamente pelo aumento da pressão arterial, potenciando hipertensão e os problemas que dela resultam (acidentes vasculares cerebrais, por exemplo).
Desta forma, tome nota: o limite superior recomendado de ingestão diária de sal é cerca de 6 gramas, sendo que 3,8 g/dia são suficientes para a maioria dos adultos de 19 a 50 anos de idade.
E se lhe dissermos que em Portugal é frequente encontrar consumos superiores a 10 g /dia? Esperemos que não seja o seu caso…

E não se esqueça desta informação preciosa que se segue…

Bebe este sumo logo de manhã?

ARTIGOS RELACIONADOS


OUTROS CONTEÚDOS GMG


Send this to friend