Está sempre a pensar em trabalho? Faça isto e evite o burnout

2 Julho, 2022

trabalho

Vamos começar pelas boas notícias: estudos recentes concluíram que um dos efeitos da pandemia foi o facto de sermos, hoje, mais produtivos. As más notícias: vários especialistas consideram que tais efeitos se verificam porque passamos mais horas a trabalhar. E nada de bom advém deste – ou de qualquer outro – exagero.

Se trabalha como se vivesse exclusivamente para aquilo, reflita sobre as várias áreas da sua vida.

Cláudia Esteves, psicóloga clínica da equipa Filipa Jardim da Silva explica que “é um importante sinal de alerta se constantemente dá por si a pensar “é só uma fase”. Refletir sobre como estão as restantes áreas da vida (saúde – sono, alimentação, atividade física…; amigos; família; hobbies e lazer; entre outras), pode ser um bom exercício de reflexão.

O nosso nível de satisfação, bem-estar e capacidade para lidar com desafios será tanto maior quanto o equilíbrio que possa existir entre todas as áreas – sendo natural, e até produtivo, que de tempos a tempos nos dediquemos mais a umas do que outras. Horários de trabalho contínuos e excessivos são um dos grandes fatores de risco para entrar numa situação de burnout.

A longo prazo, chegar constantemente ao final do dia e sentir que não existiu nada mais do que trabalho, poderá trazer a sua a sua fatura.”

Outros Artigos



Outros Conteúdos GMG

Send this to friend