Para os leitores MH, o desporto é a melhor forma de cuidar da estabilidade emocional

6 Julho, 2022

homem, treino, meia-idade

Qual a melhor forma de cuidar da estabilidade emocional? Esta foi uma das questões que lançamos aos nossos leitores no inquérito online sobre a meia-idade. Para 47% dos inquiridos, a resposta está no desporto. Já 20,1% vêm no sexo a melhor forma de cuidar da sua estabilidade emocional. 1,7% procura solução no álcool e 1,2% em medicamentos.

Por último, 28% dos participantes admite não ter qualquer estratégia para cuidar de tal aspeto. Aos olhos da psicóloga Filipa Jardim da Silva, estes resultados denotam como ainda escasseia literacia emocional, autoconhecimento e priorização da saúde psicológica.

Ora, tal aspeto reflete a forma como os nossos leitores cuidam do seu bem-estar. Aspeto que ilustra de certa forma o modo como interpretam – ou o peso que dão – à sua idade atual.

Estarão em forma?

Relacionando a prática desportiva com a própria idade, 59% dos nossos inquiridos admite sentir-se fisicamente bem, de uma forma geral. No entanto, quando questionados sobre se estão tão em forma quanto desejariam, a grande maioria (79,4%) admite que não.

Aos olhos de Luís Cerca, professor auxiliar de exercício e bem-estar na Universidade Lusófona, a percentagem de insatisfação está alinhada com os dados do Inquérito Nacional de Saúde (INS), recolhidos em 2019. Dados estes que revelam que a prática de exercício físico é bastante inferior à aconselhada.

“A ausência de um estilo de vida ativo é determinante para as perceções da sua condição física geral”, aponta Luís Cerca. Este é, de facto, um aspeto que importa salientar. A prática de exercício físico como parte integrante de uma rotina saudável é essencial para um estilo de vida saudável e completo, e não um recurso de última hora quando se considera que a idade começa ‘a pesar’.

Além da relação com a prática desportiva, neste inquérito abordamos outros pontos como relações, alimentação, trabalho ou saúde mental. Todas as conclusões, analisadas por especialistas de várias áreas, podem ser conhecidas na Men’s Health de julho, que encontra atualmente em bancas.

Especial Meia-idade

O estudo, que esteve online durante vários meses, é só um dos artigos que aborda a questão da Meia-idade. Além deste, preparámos outros artigos para homens a partir dos 40 anos nomeadamente sobre cuidado pessoal (apontamos os essenciais para cada idade); alimentação (o que comer e como conhecer para viver mais e melhor); táticas práticas para atrasar ainda mais o envelhecimento; e testemunhos na primeira pessoa de quem garante que está, hoje, na sua melhor forma.

Sobre este último ponto, o destaque vai para Nuno Eiró. O apresentador foi a primeira figura publica que a Men’s Health desafiou a mudar. 17 anos depois, Eiró recorda o que mudou naquela altura, o que mantém e o que melhorou hoje, aos 47 anos de idade.

Outros Artigos



Outros Conteúdos GMG

Send this to friend