8 lições tântricas que nunca falham!

Preparado para esquecer o relógio? Aqui tem umas lições sobre sexo tântrico.

  • Anterior
  • Próximo

    Não exagere nas expectativas

Quando depende do que pensa sobre o sexo (como se sente, quanto tempo deve durar, as posições que deve fazer…) o prazer não tem hipótese, diz a psicóloga Bárbara Carrellas Urban.
Essas expectativas provavelmente são fundamentadas na televisão e em filmes, muito mais que na realidade. Quando esquecer essas comparações, que influenciam realmente as sensações que está a experimentar, e sentir o que realmente está a viver, poderá controlar melhor a velocidade do seu prazer.

    Conheça o seu corpo

Quanto melhor conhecer o seu corpo, mais conectado se vai sentir e poderá fazer melhores exigências à sua parceira durante o sexo, afirma Elsbeth Meuth, diretora do Instituto Tantra Nova, em Chicago (EUA). Isto é uma grande parte do sexo tântrico: a exploração do seu próprio corpo para compreender melhor os seus pontos de prazer.

 

    Seja mais lento

Não há nada de errado com uma rapidinha ocasional. Mas se realmente quiser usar o sexo para se conectar com a sua parceira esqueça as corridas, comenta a psicoterapeuta Barnaby B. Barratt.
O seu movimento durante o sexo - ou nos preliminares - deve ter como objetivo penetrar três vezes por cada 30 que faria normalmente. Parece aborrecido, mas muito pelo contrário: toda a sensação vai ficar à margem para que possa desfrutar plenamente do momento.

 

    Estimule os seus sentidos

Claro, o sexo sente-se muito bem, mas o que se passa com os outros sentidos? “O sexo tântrico tem como objetivo criar uma experiência totalmente sensual”, diz Carrellas. Apague as luzes, coma morangos ou bananas com cobertura de chocolate. Pode também optar por lençóis de seda ou outros que o estimulem.
Ativar todo o tipo de sentidos ajudará a conseguir que o seu corpo e mente se concentrem na diversão.

 

    Aprecie a sua parceira

Um dos aspetos do sexo tântrico implica “adorar a sua parceira”, mas não se preocupe, não precisa de construir um santuário para mostrar a sua reverência. Basta pensar nas coisas que fazem com que a sua parceira seja maravilhosa, talvez a sua generosidade, ou a forma como dorme.
E, dizer “obrigada”. Os investigadores dizem que expressar a sua gratidão está associado à satisfação com a relação.

 

    Redefina o sexo

Não bloqueie a sua intimidade no quarto. “Não importa se é longa ou curta a relação, o desejo de se conectar está sempre lá”, diz Northrup. Por isso, amplie a sua definição de sexo. Nem tudo são órgãos genitais, e nem tudo se concentra no orgasmo. Pense em preliminares, nas massagens, nos abraços, em seduzir…qualquer coisa que aumente a sua energia sexual.

 

    Concentre os seus pensamentos

Se alguma vez se distrair durante o sexo, poderá pôr em risco a sua conexão, afirma Carrellas. “Quando notar que os seus pensamentos se afastaram, concentre-se no que está a sentir e a experimentar nesse momento”, afirma.

 

    Abra os olhos

De que vai servir uma iluminação e conectar-se com o seu estado de humor, se vai manter os olhos fechados? Abra os olhos, observe tudo em seu redor e acima de tudo, olhe para ela.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

ARTIGOS RELACIONADOS


OUTROS CONTEÚDOS GMG


Send this to friend