Tudo para o melhor sexo oral da sua vida

24 Julho, 2022

Um estudo de 2017 publicado na revista Sex and Marital Therapy descobriu que apenas 18% das mulheres podem atingir o orgasmo apenas com penetração. O resto requer estimulação do clitóris para chegar ao clímax e o sexo oral coloca o clitóris no centro da discussão.

Além disso, um estudo de 2019 descobriu que os casais que fazem e recebem sexo oral mantêm relacionamentos mais felizes e sexualmente ativos a longo prazo.

O problema? Muitas pessoas não sabem ao certo o que fazer lá embaixo. Felizmente existem muitas maneiras de melhorar a sua técnica de sexo oral e a comunicação com a sua parceira pode fazer uma enorme diferença. Desde experimentar diferentes posições, até usar sua língua de maneiras únicas, temos todas as informações aprovadas por especialistas que precisa para melhorar o seu jogo.

9 dicas para melhorar o seu sexo oral

Certifique-se de que a sua parceira está confortável.

Embora o sexo oral seja prazeroso para muitas pessoas, nem toda a gente quer o rosto do parceiro entre as pernas. Podem não gostar da sensação ou até a ideia de receber sexo oral pode deixá-los ansiosos.

“Algumas pessoas ficam constrangidas com o cheiro, sabor e a aparência da sua própria vulva, e outras ficam desconfortáveis ​​com toda a atenção voltada para elas”, explica a educadora sexual Erica Smith.

Se a sua parceira diz que o sexo oral está fora da mesa, então está fora da mesa. Há muitas outras maneiras de desfrutar do corpo um do outro. Se, no entanto, a sua parceira quiser tentar fazer sexo oral, mas estiver nervosa por estar próximo dos seus genitais, ofereça algumas palavras de incentivo. “Seja sincero sobre a apreciação do corpo da sua parceira”, diz Smith.

Deixe a sua parceira excitada.

Em vez de mergulhar de cabeça como um nadador olímpico, opte por um aquecimento sedutor. Comece com beijos no pescoço. Em seguida, desça para a barriga, parte interna das coxas e toda a vulva. Passe a sua língua em torno dos seus mamilos.

A antecipação pode ajudar a trazer-vos aos dois para os vossos corpos e a sentirem-se alicerçados nesta experiência que estão a partilhar juntos.

Fique em posição.

Existem muitas posições sexuais para dar e receber sexo oral, mas algumas são melhores do que outras. “Faça com que o recetor se deite numa cama ou sofá e aproxime-se um pouco da borda – então o doador pode ficar de joelhos no chão”, sugere Smith.

“Também pode ser confortável e muito agradável para o recetor sentar no rosto do doador – especialmente se ele puder inclinar-se para a frente para se apoiar na cabeceira da cama”, diz Smith.

Independentemente da posição que escolher, certifique-se de que seja algo que possa ser sustentável por um longo período de tempo – uma cãibra no ombro pode fazer com que tenha de parar bruscamente.

Saiba para onde está a ir.

Antes de começar o seu caminho, verifique se está no lugar certo.

“O clitóris é na verdade uma estrutura muito maior em comparação com aquilo que vemos do lado de fora”, diz Smith. A maior parte do clitóris está sob a pele. Tem a forma de um osso da sorte e as suas “pernas” percorrem os lados da vulva. Pode notar que a vulva da sua parceira incha durante o sexo – isto porque o clitóris está cheio de tecido erétil que incha em resposta à excitação.

Na maioria das vezes, quando falamos sobre “encontrar o clitóris”, estamos a referir-nos à glande do clitóris, uma protuberância minúscula e sensível na parte superior da vulva, onde os lábios internos se encontram. Se não conseguir encontrar a glande da sua parceira com os olhos, poderá encontrá-la com a língua. Se ainda assim se estiver a sentir perdido, peça à sua parceira para guiá-lo.

Seja leve no início.

Comece suavemente – o clitóris tem cerca de 8000 terminações nervosas! Pode até começar com a estimulação indireta e lamber o clitóris em círculos. Esta área é sensível – o clitóris tem cerca de 8.000 terminações nervosas! Pode até começar com estimulação indireta e lamber o clitóris em círculos.

Use apenas a ponta.

Se a sua parceira gosta de um prazer mais direcionado e pontual, Play sugere usar a ponta da língua no seu jogo oral. “A ponta da língua pode aplicar pressão e movimento mais direcionados, especialmente quando a mulher fica mais excitada”, diz. “Lembre-se de prestar atenção às sensações táteis da sua língua para ter certeza de que você está realmente lambendo o clitóris e não apenas em todo o lugar. Este é um problema mais comum do que imagina.”

Fique aí embaixo o tempo que for preciso.

Uma das principais coisas que impedem as mulheres de terem orgasmos durante o sexo oral é o medo de que elas estejam “a demorar muito” ou a ser “egoístas”. Isto significa que ela vai precisar de muito incentivo da sua parte.

Pergunte à sua parceira o que ela quer.

Mostrar interesse no que traz prazer à sua parceira também traz excitação. O corpo de cada pessoa é diferente e as pessoas gostam de ser estimuladas de várias maneiras. Pergunte à sua parceira o que ela quer que você faça. Se ela não souber, tente tocá-la de formas diferentes e incentive-a a dizer o que é bom.

Use os dedos.

Enquanto se apodera do clitóris da sua parceira, usa a palma da sua mão para pressionar o resto da vulva ou pressione suavemente logo acima do monte de Vénus para dar-lhe uma pequena pressão do ponto G de fora do corpo.

Outros Artigos



Outros Conteúdos GMG

Send this to friend